Publicidade
Publicidade

Paysandu retorna à Série B com derrota e Amazonas consegue acesso inédito

Papão perde para o Volta Redonda, por 1 a 0, mas consegue subir pelo saldo de gols; equipe de Manaus é líder e vai fazer final da Série C contra o Brusque

Neste sábado, 7, dois jogos decisivos abriram a sexta e última rodada da segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. Pelo Grupo B, o Amazonas venceu o Botafogo-PB por 2 a 0, na Arena da Amazônia, enquanto o Paysandu perdeu para o Volta Redonda por 1 a 0, no Estádio Raulino de Oliveira.

Publicidade

Com os resultados, Amazonas e Paysandu terminam na liderança do grupo, com 12 e dez pontos, respectivamente, e se juntam ao Brusque como as equipes com acesso garantido à Série B de 2024. Além disso, Amazonas e Brusque, com as melhores campanhas da segunda fase, farão a final, ainda sem data e horário definidos.

Neste domingo, a quarta e última vaga restante será decidida com dois jogos sendo disputados às 16h (de Brasília). No Estádio Germano Kruger, o São Bernardo enfrenta o Operário. No Estádio Augusto Bauer, o Brusque recebe o São José.

Publicidade

Amazonas 2 x 0 Botafogo-PB

Aos 11 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Amazonas por toque de mão dentro da área. Na cobrança, Diego Torres bateu no canto direito e tirou do goleiro para colocar os donos da casa na frente logo no início de jogo.

O Botafogo sentiu o golpe e viu o Amazonas se impor e ampliar o placar aos 22 minutos. Igor Bolt fez boa jogada individual pela esquerda e recuou para Rafael Tavares, que chutou forte no ângulo, sem chance para defesa.

No segundo tempo, os donos da casa diminuíram o ritmo e pouco atacaram para administrar o resultado. Do outro lado, o Botafogo tentou diminuir com chegadas tímidas no campo de ataque, mas não conseguiu furar a defesa adversária.

Publicidade

Volta Redonda 1 x 0 Paysandu

As duas equipes passaram em branco em um primeiro tempo com poucas emoções. Foi na segunda etapa que os times entraram no jogo e deixaram a partida movimentada. Em cobrança de falta para o Volta Redonda, aos 17 minutos, Ítalo Carvalho desviou cruzamento com a cabeça, e Bruno Barra completou de pé direito para abrir o placar.

Após o gol, a partida foi paralisada por confusão entre as torcidas na arquibancada. Com o jogo retomado, o Volta Redonda não deixou o ritmo cair e teve as melhores oportunidades, assustando a defesa do Paysandu, que perderia a vaga em caso de derrota por dois gols de diferença. Os visitantes conseguiram se fechar e evitaram uma derrota elástica.

Publicidade