Publicidade
Publicidade

Com brilho de Yamal, Espanha bate França e chega à final

Jovem de 16 anos marcou um golaço na virada por 2 a 1, em Munique; adversário na decisão do dia 14 será Inglaterra ou Holanda

A renovada equipe da Espanha lutará pelo tetra europeu. Nesta terça-feira, 9, a Fúria contou com atuação brilhante do jovem Lamine Yamal e bateu a França de virada, por 2 a 1,  na Allianz Arena, em Munique, na Alemanha, pela semifinal da Eurocopa 2024. O adversário na decisão do dia 14 será o vencedor do duelo de quarta, 10, entre Inglaterra e Holanda.

Publicidade

Depois de eliminar a anfitriã Alemanha nas quartas de final, a seleção espanhola se consolidou como a equipe que jogou o melhor futebol da competição até o momento e agora vai em busca do tetra, que o tornaria recordista isolada de taças da competição. A França, por sua vez, aumentou o jejum na competição que já dura 24 anos.

Sem a máscara que tanto o incomodava, utilizada depois de ter quebrado o nariz na estreia, Kylian Mbappé fez uma bela jogada no gol francês, ao encarar a marcação, levantar a cabeça e passar na medida para Kolo Muani completar de cabeça, aos 10 minutos de jogo.

Publicidade

A Espanha, porém, não se intimidou e empatou aos 20 em uma pintura de seu jovem craque. Com um chute no ângulo de fora da área, Lamine Yamal tornou-se o jogador mais jovem a marcar um gol na Euro. A quatro dias de completar 17 anos, ele quebrou o recorde do suíço Johann Vonlanthen, que marcou com 18 anos e 141 dias, na Euro de 2004, diante da própria França.

A Fúria chegou à virada pouco depois, aos 24, quando Dani Olmo aproveitou rebatida da zaga, passou por Tchouaméni e chutou na direção do gol; a bola ainda desviou em Koundé antes de entrar, mas o gol foi dado para o espanhol.

No segundo tempo, o técnico Didier Deschamps mandou Antoine Griezmann a campo no lugar de N´Golo Kanté e deixou seu time mais ofensivo. A França teve chances claras, primeiro com Theo Hernández e depois com Mbappé, já no fim da partida, mas seus chutes fortes passaram por cima da meta.

Publicidade

https://x.com/gutiifcb/status/1810779967875338499

Ao final da partida, Lamine Yamal se virou para as câmeras e gritou habla, habla (fala, fala), mensagem interpretada na Espanha como uma resposta ao francês Adrien Rabiot, que na véspera elogiou o garoto, mas disse que ele “precisaria fazer mais” do que nos jogos anteriores para chegar à final.

Veja como foi Espanha x França:

Publicidade