Publicidade
Blog do Rodolfo Rodrigues ícone blog Blog do Rodolfo Rodrigues Análises, recordes, estatísticas e efemérides do futebol contadas por meio dos números

Quais recordes podem ser batidos na Euro 2024

Campeonato Europeu começa nesta sexta-feira com seleções e estrelas como Cristiano Ronaldo de olho em marcas históricas; veja lista

Eurocopa 2024 começa nesta sexta-feira, 14, com a anfitriã Alemanha encarando a Escócia, na Allianz Arena, em Munique, às 16h (de Brasília). A 17ª edição do torneio conta com 24 participantes em busca da glória em Berlim, em 14 de julho. A Itália defende o título, enquanto espanhóis e alemães sonham com um inédito tetra.

Publicidade

Uma série de marcas pode ser batida na Euro 2024. O quebrador serial de recordes Cristiano Ronaldo, vice em 2004 e campeão em 2016 com Portugal, se despedirá do torneio, aos 39 anos, mais motivado do que nunca. Lamine Yamal, Pepe e outros destaques também entrarão para o livro dos recordes.

PLACAR lança guia da Copa América e da Eurocopa 2024; confira o seu

Confira, abaixo, a lista de façanhas que podem ser atingidas:

• Títulos
Alemanha e Espanha são as maiores campeãs da Euro com 3 títulos cada. Se uma dessas seleções levantar a taça em 2024, vai conquistar o inédito tetra e hegemonia no Velho Continente. França e Itália, com dois títulos cada, podem entrar o grupo dos tricampeões.

Publicidade
Itália e Espanha se encontraram na Euro e na Copa das Confederações; nas duas oportunidades, Casillas levou a melhor sobre Buffon
Itália e Espanha se encontraram na Euro na final da Euro 2012

• Jogos
Além de ser a seleção com mais participações (14), a Alemanha é a recordista de jogos (53) e vai manter essas duas marcas até a próxima edição, que será disputada no Reino Unido e na Irlanda em 2028. Com os três jogos da primeira fase, o seleção alemã irá para 56 e não poderá ser superada pela Espanha, a segunda seleção com mais jogos (46).

• País-sede campeão
Em apenas três das 16 edições o país-sede ficou com o título da Euro: a Espanha em 1964, a Itália em 1968 e a França em 1984. A Alemanha, que sediou o torneio em 1988 e caiu na semifinal, pode acabar com esse jejum que já dura 40 anos.

• Bicampeão
A Espanha foi o único país a conquistar dois títulos consecutivos da Euro (2008 e 2012), com a geração de Xavi e Iniesta. A Itália, atual campeã, pode repetir esse feito na Alemanha em 2024.

Publicidade

• Técnico estrangeiro campeão
Em 16 edições, apenas um treinador que não comandou o seu país de nascimento conseguiu conquistar a Euro: o alemão Otto Rehhagel, campeão pela Grécia em 2004. Em 2024, temos 8 técnicos que podem repetir esse feito: os italianos Marco Rossi (Hungria), Domenico Tadesco (Bélgica), Francesco Calzona (Eslováquia) e Vicenzo Montella (Turquia); o brasileiro Sylvinho (Albânia); o alemão Ralf Rangnick (Áustria); o francês Willy Sagnol (Geórgia) e o espanhol Roberto Martinez (Portugal).

Ralf Rangnick é um dos responsáveis pelo sucesso da franquia Red Bull no futebol -
Ralf Rangnick é o técnico da Áustria, uma das candidatas a surpresa

• Classificações na fase de grupos
Em 1980, quando a Euro passou a contar com 8 seleções, a competição passou a ter fase de grupos. Desde então, Alemanha e Portugal foram as seleções que mais vezes avançaram para os mata-matas (oito cada). A seleção portuguesa, porém, se orgulha de ser a única a nunca cair na fase de grupos, sendo sete vezes consecutivas (desde 1996). Já a Escócia é a seleção mais vezes eliminada na fase de grupos (três) sem nunca ter avançado para os mata-matas.

• Confronto repetido
O clássico Itália x Espanha foi o jogo que mais vezes se repetiu na Euro desde 1960. Foram sete partidas (1980, 1988, 2008, 2012 (duas vezes), 2016 e 2020). Agora, em 2024, se enfrentarão outra vez, na fase de grupos. Nos duelos anteriores, a Espanha venceu a Itália apenas uma vez, mas na única final entre eles, em 2012. Já a Azzurra tem duas vitórias (1988 e 2016), e eliminou a Fúria em três mata-matas: quartas de 2008, oitavas de 2016 e semifinal de 2020.

• Mais vitórias em uma única edição
Desde 1980, quando o torneio passou a ter fase de grupos, a França foi a única seleção com 100% de aproveitamento, com cinco vitórias em cinco jogos em 1984. Desde então, outras seleções conseguiram também cinco vitórias em uma única edição, mas sem vencer todos os seus jogos: França (2000), Espanha (2008), França (2016) e Itália e Inglaterra (2020).

• Recordes individuais
Cristiano Ronaldo detém os principais recordes de jogadores na Euro desde 1960. O português é o maior artilheiro com 14 gols, o atleta com mais participações (seis entre 2004 e 2024), com mais jogos disputados (25) e mais vitórias (12). Assim, poderá ampliar ainda mais esses recordes em 2024. CR7 é o segundo jogador com mais assistências (7), atrás do tcheco Poborsky (8), e poderá pegar mais um recorde para sua coleção.

.
Cristiano Ronaldo já detém uma série de recordes da Euro

• Mais jovem
Se entrar em campo na Euro 2024, o atacante espanhol Lamine Yamal, de 16 anos (nascido no dia 13 de julho de 2007), poderá se tornar o jogador mais novo a disputar uma partida na competição e superar o recorde o polonês Kacper Kozlowski, que em 2020, entrou em campo com 17 anos e 246 dias.

Lamine Yamal, de 16 anos, brilhou pela Espanha diante da Geórgia - @SEFutbol/Twitter
Lamine Yamal estreou pela Fúria com 16 anos- @SEFutbol/Twitter

• Mais velho
Com 41 anos, o zagueiro brasileiro Pepe, que atua pela seleção portuguesa, poderá se tornar o jogador mais velho a entrar em campo na Euro e superar o recorde do goleiro Gábor Kiraly, da Hungria, que jogou com 40 anos e 86 dias em 2016.

Pepe, jogador da seleção portuguesa
O brasileiro naturalizado português Pepe segue em plena atividade

Para ficar por dentro destas e de mais curiosidades, resgate o seu Guia da Copa América + Eurocopa. Para fazer parte da nossa comunidade, acompanhe a PLACAR nas mídias sociais.

Publicidade