Publicidade
Publicidade

Balbuena revela papo com Romero sobre crise no Corinthians: ‘Vão sair disso’

Mesmo distante, capitão do adversário do Brasil ainda acompanha os jogos da equipe paulista; zagueiro tem quase R$ 2 milhões a receber do clube

LAS VEGAS (EUA) – O zagueiro Fabián Balbuena não está preocupado somente com o Brasil, próximo adversário do Paraguai na Copa América. Nesta quinta-feira, 27, em entrevista coletiva concedida no Allegiant Stadium, o capitão da seleção sul-americana afirmou conversar com Ángel Romero sobre a intensa crise vivida pelo Corinthians, clube que atuou de 2016 a 2018 e de 2022 a 2023. Ele demonstrou otimismo com uma retomada na temporada.

Publicidade

“A verdade é que com o Ángel (Romero) sempre falamos sobre como está o clube. Tenho muitos amigos no Corinthians, sempre acompanho as partidas. Outro dia estava vendo o jogo (pela TV). Obviamente, sabendo do que acontece lá dentro, sei que não vai ser fácil encarar a situação, mas com os jogadores de qualidade que o clube tem e com o treinador que está lá, apesar do momento negativo, creio que vão conseguir sair disso. É questão de tempo até conseguirem voltar a levantar a cabeça”

Balbuena acumula duas passagens pelo Timão. A primeira, de 2016 a 2018, foi encerrada após o pagamento da multa pelo West Ham. A negociação foi concluída em 4 de julho de 2018 por 4 milhões de euros (18 milhões de reais à época).

Publicidade

Em 2023, retornou ao clube emprestado pelo Dínamo Moscou. Fez só 31 partidas, marcando quatro gols já sem a mesma condição de titular absoluto de quando deixou o futebol brasileiro.

LEIA MAIS:

O jogador, por sinal, é mais um que engrossa uma enorme lista de dívidas do clube paulista envolvendo direitos de imagem. Para Balbuena, segundo levantamento divulgado pelo site ge, há 1,9 milhão em pagamentos pendentes. O valor total envolvendo ex-atletas é de 114 milhões de reais.

Após o empate diante do Cuiabá, alguns muros do Parque São Jorge, sede social do clube, foram pichados nesta quinta-feira, 27. Jogadores e diretoria não foram poupados do ato de vandalismo: “chega de mentira, mostra atitude”, “acabou a paz” e “time sem vergonha” foram algumas das manifestações.

Publicidade

Mais tarde, um grupo de cerca de 30 torcedores invadiu o CT Joaquim Grava para cobrar o elenco, que estava de folga.

A equipe ocupa a 18ª colocação no Campeonato Brasileiro e está na zona de rebaixamento. O time dirigido pelo técnico António Oliveira não vence há cinco partidas e enfrenta o Palmeiras na próxima segunda, dia 1º.

Após tropeços na estreia, Brasil e Paraguai se enfrentam em busca de retomada na competição continental. A partida acontece nesta sexta, 28, às 22h (de Brasília), no Allegiant Stadium.

Capa da PLACAR de junho - Guia da Copa América e da Euro, com Rodrygo
Guia da Copa América e da Euro, com Rodrygo na capa – Reprodução/Placar

Para fazer parte da nossa comunidade, acompanhe a PLACAR nas mídias sociais.

Publicidade