Publicidade
Publicidade

Abel Ferreira é denunciado pelo STJD; veja possível pena do técnico do Palmeiras

Após derrota por 1 a 0 contra o Grêmio, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, português deixou o campo reclamando da arbitragem: 'isso é roubar'

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, está na mira do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Nesta quarta-feira, 4, o português foi denunciado por sua fala durante a partida entre Grêmio e Palmeiras, no Rio Grande do Sul, que terminou em vitória gaúcha por 1 a 0.

Publicidade

No fim de setembro passado, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, Abel deixou a área técnica — cerca de 30 segundo antes do apito final — esbravejando e gesticulando contra a arbitragem de Bruno Arleu de Araújo. “Isso é roubar”, teria dito o europeu.

Perguntado na entrevista coletiva sobre o assunto, o comandante do Verdão evitou dar mais detalhes e resumiu: “o que se passa dentro de campo, fica dentro de campo”.

Publicidade

Conforme publicado no edital de intimação e citação da 2ª Comissão Disciplinar do STJD, nesta quarta-feira, Abel foi denunciado por infração ao artigo 258-II do CBJD, o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

“Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva e desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”, afirma o artigo, que prevê pena de uma a seis partidas de suspensão.

Publicidade