Publicidade
Publicidade

Juliana/Larissa e Ângela/Lili seguem 100% no Grand Slam de Berlim

Após o primeiro dia da fase principal do torneio feminino do Grand Slam de Berlim, etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia 2012, as duplas brasileiras estão com desempenho distinto. Enquanto Juliana/Larissa e Ângela/Lili conquistaram duas vitórias, com 100% de aproveitamento, Taiana/Vivian e Talita/Maria Elisa tiveram uma vitória e um revés. Com os resultados, […]

Após o primeiro dia da fase principal do torneio feminino do Grand Slam de Berlim, etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia 2012, as duplas brasileiras estão com desempenho distinto. Enquanto Juliana/Larissa e Ângela/Lili conquistaram duas vitórias, com 100% de aproveitamento, Taiana/Vivian e Talita/Maria Elisa tiveram uma vitória e um revés.

Publicidade

Com os resultados, tanto Juliana e Larissa quanto Ângela e Lili avançam diretamente para a segunda fase da competição. Porém, na terceira rodada, as brasileiras disputam a primeira colocação da chave para ir diretamente às oitavas de final. Já Taiana/Vivian e Talita/Maria Elisa ainda precisam de vitórias para não depender de outros resultados.

Juliana e Larissa, atuais campeãs mundiais, estão no Grupo B e derrotaram Sinnema/Wesselink, da Holanda, por 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 21/13, e depois passaram pelas canadenses Bansley/Maloney com 2 sets a 1 (14/21, 21/18 e 17/15). Na terceira rodada, Vasina e Vozakova, da Rússia, serão as adversárias.

Publicidade

‘Tivemos alguns problemas na última etapa do Mundial e, como não poderia ser diferente, temos o objetivo de conquistar este Grand Slam’, disse Larissa. ‘Tanto eu quanto a Juliana sofremos um pouco já que está fazendo muito frio, mas entramos extremamente concentradas e estivemos bem na primeira partida. No segundo jogo, encontramos mais dificuldades, mas o importante foi a classificação para a fase seguinte’, comemorou a jogadora.

No Grupo G, Ângela e Lili, classificadas do country-cota, bateram as australianas Cook/Hinchley por 2 sets a 1, com 21/16, 12/21 e 15/9. Depois, foi a vez de bater as alemãs Goller e Ludwig por 2 a 1 (21/18, 16/21 e 20/18). A dupla do Brasil encerra a primeira fase contra as australianas Hansel e Montagnolli.

Já Taiana e Vivian, no Grupo D, começaram batendo as alemãs Borger e Buthe por 2 a 0, com parciais de 21/13 e 21/15, mas logo em seguida foram superadas pelas norte-americanas Kessy e Ross, com 16/21 e 19/21. As italianas Gioria e Momoli serão as oponentes na última rodada.

Publicidade

‘A Vivian não está totalmente recuperada, vem jogando com dores e por isso encaramos cada jogo como uma final, já que cada vitória nessas condições é muito importante. Sacamos bem contra as alemãs e conseguimos impor o nosso ritmo, mas, na segunda partida, tivemos algumas falhas e as americanas praticamente não erraram’, analisa Taiana, destacando a lesão nas costas da companheira.

Na primeira rodada do Grupo C, Talita e Maria Elisa caíram para as suíças Forrer e Vergé-Depré com 2 a 1 (21/13, 19/21 e 13/15), mas se recuperaram e passaram pelas tchecas Klepalova e Hajeckova com parciais de 21/9 e 21/16. As duas assegurar a classificação com triunfo sobre as gregas Arvaniti e Tsiartsiani.

Continua após a publicidade

Publicidade