Publicidade
Publicidade

Argentina atropela Espanha nas duplas, e campeão da Davis sai no domingo

Sevilha, 3 dez (EFE).- Os argentinos David Nalbandian e Eduardo Schwank derrotaram neste sábado, em Sevilha, os espanhóis Feliciano López e Fernando Verdasco por 3 sets a 0, com parciais de 6-4, 6-2 e 6-3, no jogo de duplas da decisão da Copa Davis e adiaram a definição do campeões para este domingo. Nalbandian e […]

Sevilha, 3 dez (EFE).- Os argentinos David Nalbandian e Eduardo Schwank derrotaram neste sábado, em Sevilha, os espanhóis Feliciano López e Fernando Verdasco por 3 sets a 0, com parciais de 6-4, 6-2 e 6-3, no jogo de duplas da decisão da Copa Davis e adiaram a definição do campeões para este domingo.

Publicidade

Nalbandian e Schwank dominaram a partida por completo, bateram os adversários em 1h59 minutos e diminuíram a vantagem da equipe anfitriã, que na sexta-feira levou a melhor nas duas partidas de simples e agora tem 2 a 1 no confronto.

O jogo começou equilibrado, com a Argentina usando sua principal arma desde os primeiros momentos: o saque. Se o serviço ia bem, faltava conseguir uma quebra, que veio no quinto game. A partir daí, a equipe do capitão Modesto ‘Tito’ Vázquez administrou e ganhou o primeiro set por 6-4.

Publicidade

No segundo, os visitantes chegaram a abrir 4-0, confirmaram seus serviços na sequência e fecharam em 6-2. Por fim, no terceiro, Nalbandian e Schwank obtiveram uma quebra logo no primeiro game, a única do set, e venceram por 6-3.

Neste domingo, as esperanças da Espanha estarão depositadas em Rafael Nadal, número dois do mundo e melhor tenista de saibro, piso da decisão, há alguns anos no circuito. Ele terá pela frente Juan Martín del Potro, argentino mais bem ranqueado na atualidade.

Caso Del Potro vença e empate o confronto, o campeão será definido no duelo entre David Ferrer, espanhol quinto colocado no ranking da ATP, e Juan Mónaco. EFE

Publicidade
Continua após a publicidade

Publicidade