Publicidade
Publicidade

Após vitória nas duplas, argentino Schwank espera por um ‘milagre’

A Argentina conquistou, neste sábado, seu primeiro ponto na final da Copa Davis. Os duplistas sul-americanos Eduardo Schwank e David Nalbadian bateram os espanhóis Feliciano López e Fernando Verdasco. Apesar do triunfo, a situação do país ainda é complicada. Os ibéricos lideram por 2 a 1 e estão a uma vitória do título. Por isso, […]

A Argentina conquistou, neste sábado, seu primeiro ponto na final da Copa Davis. Os duplistas sul-americanos Eduardo Schwank e David Nalbadian bateram os espanhóis Feliciano López e Fernando Verdasco. Apesar do triunfo, a situação do país ainda é complicada. Os ibéricos lideram por 2 a 1 e estão a uma vitória do título. Por isso, os hermanos apostam em um verdadeiro milagre.

Publicidade

Schwank, depois do resultado positivo, valorizou a performance deste sábado e manteve as esperanças. ‘Estou feliz e tomara que haja um milagre no domingo e poderemos assim conquistar a Davis’, afirmou o argentino.

O próximo jogo da Davis, sediada em Sevilha, será neste domingo, entre Rafael Nadal, atual vice-líder do ranking mundial, e Juan Martin Del Potro, número 11. No cômputo geral, o europeu leva vantagem de seis vitórias em nove duelos.

Publicidade

Caso Del Potro vença e empate, a competição será decidida no embate entre David Ferrer e Juan Monaco, que, se necessário, será no domingo também.

Continua após a publicidade

Publicidade