Publicidade
Publicidade

Ansioso, cruzeirense Leandro Guerreiro considera clássico como final

Concentrado para o jogo deste domingo, contra o Atlético-MG, o volante Leandro Guerreiro não esconde que a partida contra o rival vem sendo encarada como uma verdadeira final de campeonato pelo Cruzeiro. A Raposa precisa vencer o Galo para evitar o rebaixamento sem depender de outros resultados. O jogador promete muito empenho para não decepcionar […]

Concentrado para o jogo deste domingo, contra o Atlético-MG, o volante Leandro Guerreiro não esconde que a partida contra o rival vem sendo encarada como uma verdadeira final de campeonato pelo Cruzeiro. A Raposa precisa vencer o Galo para evitar o rebaixamento sem depender de outros resultados. O jogador promete muito empenho para não decepcionar os torcedores cruzeirenses, que vão lotar a Arena do Jacaré, com todos os ingressos já vendidos.

Publicidade

‘Com certeza vamos nos doar ao máximo, vamos nos doar até a última gota de sangue, em busca da vitória. É momento de concentração total. Temos que ter erro zero para esse jogo, que é encarado por nós como se fosse uma final. A gente está plenamente consciente que temos que fazer a nossa parte, nosso papel, porque se a gente ganhar, não depende de ninguém’, disse.

O volante celeste, no entanto, não esconde a ansiedade para o superclássico mineiro. Segundo ele, o segredo para amenizar a tensão antes do início da partida é ler um livro ou assistir a um filme. O jogador ainda lembra que já passou por situação semelhante a que vive o Cruzeiro, na época em atuava pelo Botafogo, e conseguir superar o momento difícil.

Publicidade

‘É um momento delicado. A gente precisa se concentrar. Já passei por essa situação no Botafogo, em 2009, precisávamos ganhar do Palmeiras e felizmente a gente saiu. Tiramos um peso enorme das costas. Mas é tentar dormir, pensar pouco na partida, esquecer um pouco, ler um livro, ver um filme, porque se ficar pensando muito no jogo não vai fazer bem. Fazer outra coisa para aliviar a pressão que vem nos envolvendo’, disse.

Continua após a publicidade

Publicidade