Publicidade
Elas na Área ícone blog Elas na Área Notícias, entrevistas e reportagens especiais sobre o futebol feminino

São Paulo vira sobre o Corinthians e sai em vantagem na final do Paulista feminino

Sob chuva na Vila Belmiro, equipe tricolor faz 2 a 1, com Aline Milene e Ariel, e derruba invencibilidade de seis meses das Brabas do Timão; volta acontece no próximo domingo

O São Paulo largou em vantagem na grande final do Campeonato Paulista feminino de 2023. Neste domingo, 19, o Tricolor derrotou o Corinthians de virada na Vila Belmiro, por 2 a 1, pelo jogo de ida da decisão. Os gols da equipe foram marcados por Aline Milene e Ariel.

Publicidade

Com o gramado molhado, em razão da chuva que caía na Vila Belmiro, o jogo começou de maneira mais lenta. O Timão controlava as ações, trocando passes na entrada da área, mas a defesa do São Paulo, até então, levava a melhor. O time tricolor buscava se defender e sair nos contra-ataques.

Até que, aos 31 minutos, uma bola dividida na entrada da área acabou nos pés de Victória Albuquerque, que se esticou e tocou de bico, na saída da goleira, para abrir o placar: 1 a 0 para o Corinthians. Aos 38, Gabi Portilho arrancou pela direita, se livrou da marcação e ficou de frente com Carlinha, mas bateu em cima da arqueira.

Publicidade

O São Paulo não se intimidou com o domínio do rival e deixou tudo igual aos 40 minutos. A defesa das Brabas afastou a cobrança de escanteio, mas Aline Milene conferiu o rebote e emendou um belo chute de fora da área, empatando a partida. Aos 47, o Tricolor chegou a virar o marcador por meio de Ariel, que recebeu lançamento, driblou Lelê e mandou para as redes, mas o tento foi invalidado por impedimento.

Aos 27 do segundo tempo, Gláucia assustou Lelê com uma cobrança de falta rasteira, da meia-lua, mas a goleira defendeu em dois tempos. No lance seguinte, Dudinha partiu em velocidade pelo lado esquerdo, invadiu a área e foi derrubada por Tarciane: pênalti para o São Paulo!

Na cobrança, Ariel bateu firme no ângulo direito e colocou o Tricolor em vantagem na grande decisão.

Com o resultado, o São Paulo poderá jogar por um empate no segundo confronto. O time do Morumbi tenta conquistar o Estadual feminino pela terceira vez na sua história. Na busca pelo quarto título só nesta temporada, o Corinthians não poderá contar com Luana, suspensa, para a segunda partida da final.

Publicidade

O jogo decisivo está marcado para o próximo domingo, na Neo Química Arena, a partir das 10h30 (de Brasília). Se o Timão vencer por um gol de diferença, a definição irá para a disputa por pênaltis.

Para fazer parte da nossa comunidade, acompanhe a Placar nas mídias sociais.

Publicidade