Publicidade
Publicidade

Corinthians sai na frente, é amassado na reta final e Fluminense busca empate

Timão vira o primeiro tempo vencendo por 3 a 1, mas é amassado na reta final e cede dois gols; Alvinegro segue flertando com o Z-4 e Tricolor fica estacionado no pelotão de cima

O Corinthians segue flertando com a zona de rebaixamento e o Fluminense estacionado no pelotão de cima do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, 19, as duas equipes se enfrentaram no Maracanã e fizeram uma partida muitas emoções, alguns golaços e empate por 3 a 3 que não ajuda ninguém na tabela.

Publicidade

Claramente o período da Data Fifa foi útil para o Corinthians, agora de Mano Menezes. O técnico conseguiu organizar a equipe, que mostrou compactação e eficiência em um primeiro tempo bailarino contra o Fluminense, em pleno Maracanã.

Com a marcação forte e sem dar espaço, o Corinthians conseguiu abrir o marcador logo aos 10 minutos. Maycon achou belo passe em profundidade para Yuri Alberto, que mostrou extrema categoria para marcar um golaço com toque de cobertura.

Publicidade

O centroavante do Timão teve uma oportunidade de ouro para ampliar. Na saída de bola, o Flu se atrapalhou e Cano entregou de graça para Yuri, na pequena área, que desperdiçou. O castigo veio na sequência, com belo gol de Lima para empatar.

Mas erros individuais fizeram a diferença. Após bola parada, André e Marcelo se atrapalharam com a bola, que sobrou para Mayco. Mais uma vez o meia serviu Yuri Alberto, que se redimiu do lance anterior e marcou pela segunda vez na noite. Ainda no primeiro tempo, Ruan foi derrubado na grande área e a arbitragem vu pênalti. Na bola parada, Fábio Santos foi certeiro e anotou o terceiro tento dos visitantes.

Apesar do resultado, o Corinthians foi para o vestiário com apenas 29% de posse de bola. E a vantagem fez o Timão voltar para a etapa final ainda mais conservador. Quase abdicando de jogar, os visitantes viram mais uma vez Lima brilhar. O meia tricolor chutou de longe e diminuiu com um golaço.

Publicidade

A reta final foi um monólogo do Flu, que demorou para arrancar o empate pq parou na entrega alvinegra e também na grande atuação do goleiro Cássio. Precisou o colombiano Jhon Arias entrar para derrubar o muro e deixar tudo igual – 3 a 3 no Maraca.

Publicidade