Publicidade
Publicidade

Palmeiras enfrenta o Figueirense de olho no topo da tabela

Já o Santos, que joga nesta quinta contra o Goiás, vive momento turbulento entre técnico e diretoria

Três partidas encerram nesta quinta-feira a sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Às 19h30 (horário de Brasília), Palmeiras e Figueirense se enfrentam em Araraquara. No mesmo horário, Goiás e Santos jogam no Serra Dourada, em Goiânia. Já às 21 horas, Vitória e Atlético-MG fecham a rodada, em Feira de Santana, na Bahia.

Publicidade

Ainda sem contar com o recém-contratado técnico argentino Ricardo Gareca, o Palmeiras será comandado pela última vez pelo auxiliar Alberto Valentim. O clube paulista busca se aproximar da liderança da tabela: se vencer, somará 12 pontos, um a menos do que o Cruzeiro, primeiro colocado. Sem poder atuar no Pacaembu, – que teve suas chaves entregues à Fifa, pois servirá como centro de treinamento para a Copa do Mundo -, o Palmeiras espera bom público na Fonte Luminosa, em Araraquara. A equipe, no entanto, terá vários desfalques: Fernando Prass, Bruno César, Bruninho e Thiago Martins seguem vetados por lesão, Leandro está com a Seleção Brasileira sub-21 e Valdivia e Eguren treinam com as seleções chilena e uruguaia, respectivamente.

Já o Santos vive um período de crise entre técnico e diretoria – e o cargo hoje ocupado por Oswaldo de Oliveira pode ficar vago se o time não vencer o jogo desta noite. Insatisfeito com a 13ª colocação na tabela, o vice-presidente do Conselho Deliberativo do clube, Carlos Henrique Fonseca Filho, criticou abertamente o trabalho de Oliveira. As declarações irritaram o técnico. “Às vezes as pessoas pegam carona para aparecer um pouco”, afirmou o treinador sobre o dirigente.

Publicidade

Leia também:

Fluminense goleia São Paulo; veja resultados da rodada

Embalado após vencer o Santos na Arena Pantanal, no último domingo, o Atlético-MG viaja até Feira de Santana para encarar o Vitória, no Joia da Princesa. As duas equipes precisam vencer para sair da região central da tabela.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade