Publicidade
Publicidade

Ex-campeão mundial de boxe é assassinado em assalto nos EUA

Jamaicano O’Neil Bell reagiu a uma abordagem criminosa e foi baleado e esfaqueado quando descia de um ônibus em Atlanta

O ex-campeão mundial de boxe O’Neil Bell morreu na noite de quarta-feira, aos 40 anos, assassinado em uma tentativa de assalto na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pelo sargento local, Warren Pickard. De acordo com os relatos, “Supernova” Bell (seu apelido nos ringues), e outra pessoa foram abordados por assaltantes quando desciam de um ônibus na última quarta-feira. O ex-boxeador nascido na Jamaica teria reagido e acabou baleado. A outra vítima ficou ferida, mas está internada e passa bem.

Publicidade

Os criminosos ainda teriam esfaqueado Bell antes de fugirem e sua morte foi declarada ainda no local do crime. Bell nasceu na Jamaica e se mudou ainda criança para os Estados Unidos. Em seu auge, conquistou o cinturão da categoria cruzador da Federação Internacional de Boxe (IBF) em maio de 2005, ao vencer Dale Brown. Por um breve período, foi o campeão da IBF, do Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da Associação Mundial de Boxe (WBA) ao vencer Jean-Marc Mormeck em 2006, mas perdeu a revanche no ano seguinte. Em 13 anos de carreira, encerrada em 2011, obteve 27 vitórias (25 por nocaute), quatro derrotas e um empate.

(da redação)

Publicidade