Publicidade
Publicidade

Manchester vence o Aston Villa, mas perde Chicharito

Por AE Londres – O Manchester United venceu o Aston Villa neste sábado, por 1 a 0, pela 14.ª rodada do Campeonato Inglês e manteve em cinco pontos a distância que o separa do líder Manchester City. Mas o dia é mais de tristeza do que de comemorações para os comandados pelo técnico Alex Ferguson. […]

Por AE

Londres – O Manchester United venceu o Aston Villa neste sábado, por 1 a 0, pela 14.ª rodada do Campeonato Inglês e manteve em cinco pontos a distância que o separa do líder Manchester City. Mas o dia é mais de tristeza do que de comemorações para os comandados pelo técnico Alex Ferguson.

Publicidade

Isso porque Chicharito Hernandez deixou o gramado do Villa Park de maca, com uma suspeita de ter rompido os ligamentos do tornozelo esquerdo, o que poderia deixa-lo de fora de todo o restante da temporada, atrapalhando os planos do Manchester de brigar pelos títulos do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões, uma vez que o mexicano é titular e um dos principais nomes da equipe.

O jogador saiu carregado ainda nos primeiros minutos de partida e não viu Nani cruzar na medida para Jones bater de bate-pronto, com o pé direito, para abrir o placar aos 19 minutos do primeiro tempo.

Publicidade

Mas não era só o Manchester que lamentaria uma contusão. Given, goleiro do Aston Villa, também torceu o seu tornozelo esquerdo e deixaria o campo de maca, aos 37, para a entrada de Guzan. O reserva pouco teve trabalho. Num dos poucos lances de perigo dos visitantes, Welbeck marcou, mas o gol foi anulado por impedimento.

Com ainda três jogos a acontecer na 14ª rodada, dois no domingo e outro na segunda, o Manchester City lidera o Inglês, com 38 pontos, cinco a mais que o United. Logo atrás, com 31, está o Tottenham, que tem um jogo a menos e pode assumir a segunda posição. Chelsea (28), Newcastle (26) e Arsenal (25) vêm em seguida. O Liverpool tem 23, mas pode assumir a sexta posição se vencer o Fulham na segunda-feira. O Aston Villa é o oitavo, com 16, e o primeiro dentre os que não brigam por nada na competição.

Continua após a publicidade

Publicidade