Publicidade
Publicidade

Suárez volta à seleção após 11 meses; confira a lista com sete do Brasileirão

Atacante de 36 anos do Grêmio foi chamado pelo técnico Marcelo Bielsa para as partidas contra Argentina e Bolívia pelas Eliminatórias

Luís Suárez está de volta à seleção do Uruguai. Nesta segunda-feira, 13, o atacante do Grêmio foi anunciado pelo técnico Marcelo Bielsa na lista de 24 nomes para as partidas contra Argentina e Bolívia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Essa é a primeira vez que El Pistolero é chamado desde a Copa do Mundo do Catar, em dezembro.

Publicidade

O retorno do camisa 9 já era aguardado nos bastidores. Em setembro, Bielsa havia externado que as portas da seleção estariam abertas para nomes de peso como ele e Edinson Cavani, atualmente no Boca. Cavani, por sinal, se recupera de lesão.

“Tenho muita consideração pelos jogadores considerados ídolos, porque chegar a esse lugar não é para todos e é sempre merecido, ninguém é um ídolo sem merecer e são poucos os que chegam a essa condição”, disse o treinador na ocasião.

Publicidade

Além de Suárez, a lista de convocados conta com mais seis nomes que atuam no futebol brasileiro: o goleiro Sergio Rochet (Internacional), o zagueiro Bruno Méndez (Corinthians), o lateral Guillermo Varela (Flamengo), o meia Arrascaeta (Flamengo) e o atacante Agustín Canobbio (Athletico Paranaense).

Em entrevista exclusiva à PLACAR de março, Suárez respondeu sobre os planos envolvendo a continuidade na seleção:

“Eu ainda não tomei uma decisão. Eu não tomei a decisão porque houve mudanças na equipe, mudanças em tudo… eles (dirigentes) agora precisam focar. Estou em uma etapa de conversar com o meu corpo, com a minha cabeça e com a minha família para ver qual é a melhor decisão porque também quando você já alcançou um patamar maior é melhor terminar da forma como foi do que seguir e ser insultado, dizerem para não ir mais para a seleção porque está velho, mas que deixe um lugar para os outros. Por isso”, afirmou.

Aos 36 anos, Suárez vive uma temporada em alto nível pelo Grêmio. Em 50 partidas disputasdas, ele marcou 26 gols, distribuiu 16 assistências. El Pistolero é o maior artilheiro da Celeste, com 68 gols.

Publicidade
Publicidade